Não há história como a nossa!

Não há história como a nossa! Aquela, que criamos ao viver cada dia, muitas vezes sem plano, e que se tece de momentos únicos e pensamentos espontâneos. A simplicidade dos gestos comuns vem, por vezes, carregada de transformação, sem sabermos. Foi assim que esta história começou: uma manhã de corrida, sem percurso definido.

No início de 2014, havia já tomado a decisão de me afastar das minhas duas ocupações profissionais: advocacia e venda direta. Na primeira, permaneci 14 anos, sobreposta à segunda, a que me dediquei durante os últimos 7 anos. Sentia há muito que nem uma, nem outra me levariam ao sentimento de realização que procurava. Dois mundos distintos, que muito me ensinaram e muito receberam de volta.

“Nasci para quê?”

No ano do meu 40º aniversário, já a vida me suplicava para mudar de rumo, passei pela experiência de “aceder à minha alma” (expressão usada por um amigo, para o momento em que despertei para o meu propósito). Num dia de março, feito de gestos comuns, levantei-me, fui correr, entrei num parque para descansar, sentei-me encostada a uma árvore, fechei os olhos e perguntei-me: “nasci para quê?” A resposta chegou fácil e claramente: “contribuir para que as crianças tenham uma educação baseada em valores”.

A mensagem ressoou de imediato e energizou-me, encaixando-se perfeitamente, como uma peça única, feita à minha medida. Uma visão libertadora e reveladora projetou-me para a ação, ainda que não soubesse exatamente que passos dar. Contudo, quando começamos, muitas vezes, só vemos o primeiro degrau e não toda a escadaria. Confiar que ela está lá e que somos capazes de a subir é tudo o que precisamos para começar.

Semear Valores

Depois de passar todo aquele dia a pensar nas várias formas possíveis de expressar esta missão, surgiu, a meio da noite, um nome: Semear Valores. Acordei perto das 4 horas com estas palavras na cabeça e escrevi-as para não me esquecer. Na manhã seguinte, tudo continuava a fazer sentido e, passada uma semana, pedi o registo da marca, ainda sem saber claramente o que iria fazer com ela.

Pode parecer uma narrativa inventada a posteriori, uma espécie de conto filosófico ou mesmo metafísico! Mas é a verdadeira história e, por isso mesmo, não há história como a nossa!

Tudo isto se passou em 2014 e, 5 anos depois, o Semear Valores já não é a história de uma pessoa apenas. A semente plantada germinou com a ajuda de muitas outras que, entretanto, foram chegando e trazendo as oportunidades certas para a fazer crescer, florescer e dar fruto. A todas elas (e já são muitas!), agradeço a confiança, a visão partilhada e a dedicação a uma tão nobre causa do nosso mundo: a educação.

Se é verdade que quem semeia ventos, colhe tempestades, quem semeia valores, colhe benfeitores!

Mafalda Lobo de Carvalho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close